ads

Slider[Style1]

tecnologia

Jogos

Música

Cinema

Android

eventos


O órgão regulador dos Estados Unidos FCC, que, assim como a Anatel no Brasil, homologa produtos eletrônicos para a venda no país, revelou algumas das especificações dos óculos do Google.


O Google Glass pode começar a ser vendido na América do Norte ainda em 2013 ou no início de 2014, de acordo com os dados, o aparelho terá conexão Wi-Fi 802.11 b/g/n na frequência de 2,4 GHz, conexão sem fio Bluetooth 4.0. O documento aponta que o dispositivo pode usar uma tecnologia para a transmissão de som por meio de vibrações nos ossos do crânio, permitindo que o som seja escutado apenas por quem usa os óculos e, ainda, dando a possibilidade de escutar o som ao redor normalmente.
Patentes do produto, classificado como um "computador para se vestir" que foram divulgadas recentemente apontam que ele poderia projetar um teclado no braço do usuário para que ele pudesse escrever mensagens.
A FCC, contudo, apresenta algumas informações que se contradizem como, por exemplo, o modo de carregamento dos óculos: uma página da homologação diz que o dispositivo se carrega por USB e outro diz que é uma entrada proprietária.
Em 2012, o Google começou a vender para desenvolvedores os óculos da empresa. No evento Google I/O, era possível pagar US$ 1,5 mil para ter o aparelho.


Óculos do futuro

O Google Glass, está em desenvolvimento há mais de dois anos e terá software e programas criados exclusivamente para ele. Sergey Brin, cofundador do Google, mostrou o dispositivo nas cores preta, branca e azul. Conforme a demonstração, a tela dos óculos fica acima do olho justamente para que ela não atrapalhe a visão do usuário. Segundo a companhia, o objetivo é que a tecnologia seja usada naturalmente. Na apresentação, Brin mostrou que os óculos são muito leves para que seu uso seja confortável, além de ser discreto no rosto do usuário. A empresa afirma que ele é mais leve que muitos óculos de sol.
De acordo com o Google, o objetivo dos óculos é fornecer acesso rápido ao conteúdo digital e às informações, além de facilitar a comunicação por meio de imagens. “Você pode capturar momentos da sua vida mais rapidamente”, disse Brin. A companhia quer que, quando o usuário precise de alguma informação, ele não precise tirar o telefone do bolso. Segundo o Google, perguntar aos óculos é mais fácil e rápido.



Fonte: G1

POSTADO POR - Guilherme J Cabral

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

COMENTE


Topo