ads

Slider[Style1]

tecnologia

Jogos

Música

Cinema

Android

eventos


A Electronic Arts recebeu um "prêmio" nesta terça-feira, 9, mas não deve ter nenhum ânimo em receber o "troféu". A empresa recebeu o nada honroso título de "Pior Empresa dos Estados Unidos" pela segunda vez consecutiva.


A decisão saiu de uma votação organizada pelo site The Consumerist, que colocou a desenvolvedora e publisher de jogos em disputa contra o Bank of America. A EA "ganhou" com 78% dos votos.



"Após a surpresa da premiação do ano passado, havia a esperança de que a gigante dos videogames entenderia a mensagem", afirmou o Consumerist.




Segundo a página, a premiação se deve ao fato de a companhia tratar seus clientes como "cofrinhos humanos" e liberar "jogos incompletos ou quebrados para que os clientes paguem a mais para receber o que eles deveriam receber no ato da compra", diz o site.



Na semana passada, após a nomeação para a premiação, o COO da Electronic Arts reconheceu muitos dos erros da companhia, mas negou que chefie a "pior empresa dos Estados Unidos". Entre os enganos da EA estão "fechamento de servidores de jogos muito cedo, jogos que não alcançaram as expectativas, falhas em novos modelos de preço e trapalhadas graves no lançamento do SimCity", mas ele afirma que outras acusações não são justificadas.




Fonte: Olhar Digital

POSTADO POR - Guilherme J Cabral

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

COMENTE


Topo