ads

Slider[Style1]

tecnologia

Jogos

Música

Cinema

Android

eventos


A Samsung revelou na tarde desta quarta-feira (4) durante a IFA 2013, que acontece na cidade de Berlim durante esta semana, a nova geração do Galaxy Note. O Galaxy Note 3 chega para se tornar um dos aparelhos mais potentes da companhia, mais leve, mais fino, com bateria de maior duração e ampliando os recursos da caneta S Pen.

O modelo já tem data para chegar às lojas: 25 de setembro em cerca de 140 países e primeira semana de outubro nos Estados Unidos. Não foi confirmado se o Brasil está nessa lista inicial e não se sabe ainda qual será o preço do aparelho.

Sistema operacional: Android 4.3
Processador: quad-core 2,3 GHz ou octa-core 1,9 GHz
Tela: 5,7 polegadas Super AMOLED
Resolução: 1920x1080 pixels
Densidade de pixels: 386 ppi
RAM: 3 GB
Armazenamento: 32 GB e 64 GB (expansível com micro SD)
Câmera traseira: 13 megapixels
Câmera frontal: 2 megapixels
Bateria: 3.200 mAh
Dimensões: 7,92 cm (largura) x 15,2 cm (altura)
Espessura: 0,83 cm
Peso: 168 gramas


Melhorar um aparelho que já possui configurações extremamente satisfatórias não é uma tarefa simples. Entretanto, a Samsung parece ter conseguido se superar, trazendo novidades em praticamente todos os quesitos. O produto está mais leve (12 gramas a menos) e mais fino (1,1 milímetro a menos).

A tela cresceu: são 5,7 polegadas contra as 5,5 polegadas do modelo anterior. A resolução também acompanhou a evolução e o Galaxy Note 3 exibe imagens em Full HD (1920x1080 pixels), resultando em uma densidade de pixels de 386 ppi. A versão do sistema operacional Android será a 4.3.

Outro grande salto de qualidade pode ser percebido na capacidade de processamento. O Galaxy Note 2 contava com processador quad-core de 1,6 GHz. O Galaxy Note 3 estará disponível em duas versões, mas nem todos os países vão receber ambas as novidades: alguns modelos terão processador quad-core de 2,3 GHz e outros terão processador octa-core de 1,9 GHz.

A memória RAM ganhou um aumento considerável: passou de 2 GB para 3 GB. Já em se tratando de espaço de armazenamento, permanecem as versões de 32 GB e 64 GB (ambas compatíveis com cartão micro SD) e deixa de existir a versão de 16 GB.

Além dos 3 GB de RAM que surpreendem por estarem em um dispositivo móvel, o Galaxy Note 3 destaca-se por outra especificação. O aparelho da Samsung é o primeiro mobile a contar com uma porta USB 3.0 micro B.


Isso pode não parecer tão incrível quanto outras funções, mas são várias as vantagens. Com o USB 3.0, a transferência de arquivos via cabo fica muito mais rápida, o que economiza tempo e bateria, já que a outra opção seria usar Bluetooth ou alguma outra conectividade. Outro benefício é na recarga, especialmente feita pelo fio diretamente para um PC, por exemplo – ela costuma ser bem lenta no USB 2.0, mas aqui age sobre 900 mA, contra 500 mA do antecessor.


A entrada USB 3.0 micro B é um pouco diferente das convencionais e não deve ser muito frequente em gadgets, mas não se preocupe: também é possível conectar o Galaxy Note 3 por um cabo micro USB convencional.


A câmera traseira do Galaxy Note 3 é de 13 megapixels e a câmera frontal é de 2 megapixels. Será possível ainda capturar vídeos em UHD (4K). Para aguentar os novos recursos, além da otimização do sistema a bateria passou de 3.100 mAh para 3.200 mAh.

Apostando em novos recursos de multitarefa e maior usabilidade para a S-Pen, a Samsung optou por remodelar a sua caneta de forma a proporcionar uma integração ainda maior com o aparelho. O menu Air Command é a chave de acesso a essas novas possibilidades: para utilizá-lo, basta flutuar a caneta sobre a tela e clicar no botão da caneta para exibir um menu com novas funções.

O recurso Action Memo permite que suas anotações sejam salvas mesmo que você se esqueça de guardá-las enquanto escreve. Além disso, é possível escrever à mão livre um nome ou endereço e adicioná-lo automaticamente em seus contatos, enviar uma mensagem, fazer uma ligação ou ainda encontrar a localidade no mapa.


Para quem gosta de salvar conteúdo para pesquisar depois, o novo recurso é o Scrapbook. Ele permite salvar imagens em um ambiente específico e, posteriormente, clicar sobre o conteúdo para localizar a sua fonte de origem na internet. Essas anotações podem ainda ser compartilhadas com outros dispositivos.

Por fim, o recurso de Multitarefa permite que você utilize melhor a divisão de janelas na tela. Em vez da tradicional divisão entre duas abas, agora é possível dividir uma mesma aba em outras duas. Desenhando um quadrado na tela, você pode transformá-lo em um app sobreposto, sem prejudicar o desempenho do trabalho atual.

POSTADO POR - MrBrunoSantos

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

COMENTE


Topo