ads

Slider[Style1]

tecnologia

Jogos

Música

Cinema

Android

eventos



O último episódio de How I Met Your Mother foi ao ar nos Estados Unidos, em um especial de 1 hora, nessa segunda-feira. O final causou muito rebuliço e indignação dos fãs da série na internet. Eu também, tendo assistido todos os episódios e seguido a série a anos, simplesmente ODIEI o final.

Dizer que eu fiquei simplesmente desapontada é um grande desentendimento. Eu fiquei imensamente, incrivelmente, irrefutavelmente ultrajada com a maneira que os roteiristas resolveram terminar essa série que é uma das minhas favoritas.

Por nove temporadas, o seriado nos ensinou a acreditas em mágica, finais felizes e destino. Que, não importa o quanto a estrada fosse esburacada, tudo ficaria bem no final. Esse final, simplesmente destrói tudo que é mágico na série:



1. Nas primeiras 5 temporadas da série, queremos ver o Ted ficar com a Robin. Depois o seriado, vai mostrando aos poucos, como eles não são um bom casal. É uma lição clássica de relacionamento: não deve ser tão difícil, se não, não está certo. Se você encontrou a pessoa certa, deve ser fácil, principalmente antes do casamento.

2. Barney Stinson - A partir do momento que vemos no final da 6ª temporada, o Barney pedindo sua gravata para se casar, vemos seu personagem evoluindo, de forma lenta, de um idiota sem sentimentos, para um cavalheiro que merece ficar com a Robin. Quando ele finalmente promete sempre falar a verdade para ele, no momento antes de se casa, eu e outros fãs ficamos feliz por ver toda a evolução do personagem e a caminhada que ele fez. Aí, no último episódio, 3 temporadas e toda a evolução do Barney são destruídas, e ele volta a ser um idiota, sem graça, imaturo, que engravidou uma mulher qualquer. Que final TRISTE e MISERÁVEL, para um dos personagens mais queridos da tv americana dos últimos tempos.

3. Robin Sherbatsky - Também destruíram seu personagem. Então ela fica famosa, não liga mais para os amigos e larga eles e o marido por causa de sua carreira, e vive uma vida tão anti-social, que depois de anos ela termina sozinha em apartamento cheio de cachorros?? Qual é??!!!

4. Barney e a Robin não são tão ligados em casamentos tradicionais. Nenhum dos dois gostavam muito de criança, os dois queriam aventuras, e o casal se dava bem e tinha química, mesmo quando as coisas não estavam perfeitas. Eles questionavam as coisas, mas todas as vezes foi por medo do compromisso e não terem tanta certeza sobre casamento e coisas assim. Eles confrontam e enfrentam coisas assim, até antes do momento do casamento. Fazer eles terminarem por um motivo que era uma das bases do que eles queriam pro casamento deles, não faz sentido nenhum. Pareceu muito forçado e foi só um jeito da Robin estar disponível para o Ted quando a mãe morreu. Era um casal que a série mostrou diversas vezes durante as temporadas, que tinha tudo para dar certo.

5. O Barney declarar que finalmente tinha achado “o amor da sua vida” ao ter uma filha, não é a pior das idéias. Mas seria muito melhor ter feito ele e a Robin terem uma filha, depois de muito sacrifício, ou até ter adotado.

6. A mãe não precisava morrer, exceto, claro, pra que o Ted ficasse com a Robin, que nunca foi a mulher certa pra ele, no final. A Robin rejeitou ele diversas vezes durante a série, nunca foi do tipo romântica, não acredita em destino e coisas do tipo igual o Ted. Mas no final, estava simplesmente esperando ele o tempo todo? Não faz sentido nenhum.

7. Todas as cenas que mostraram o Ted e a Tracy (mãe dos seus filhos) mostrou que ela era exatamente o que ele estava procurando. Era a lição perfeita de que depois de ficar tentando o tempo todo com a Robin não era a coisa certa a se fazer. Que ficar focado na pessoa errada, só atrapalha a estar aberto para novas pessoas. Ela gostava de quem ele era, e ele se sentia da mesma forma. Além disso era nerd e boba como ele. Então porque estragar tudo, e fazer o Ted simplesmente reverter seus sentimentos e fazer ele ficar com uma pessoa que nunca amou ele como ele amava ela??

8. O pior, os roteiristas decidiram estragar o personagem principal, Ted Mosby. Eles decidiram transformar a linda história de um romântico impagável tentando contar para seus filhos a linda história de como ele conheceu a mãe de seus filhos e amor de sua vida em um plano elaborado para ele pedir a permissão de seus filhos para continuar perseguindo a Robin. Robin. A mesma mulher que casou com o melhor amigo dele e disse pra ele que não amava ele e que eles nunca funcionariam como casal porque eles eram pessoas fundamentalmente diferentes!!! Destruíram um personagem que tinham nos convencido que ele poderia finalmente esquecer a Robin, MAS NÃOOO, o cara continua pirado na mesma mulher que nunca amou ele, após 20 anos!!! Sério, dá raiva!

9. E o pior, os roteiristas também destruíram a Mãe e sua história. A morte dela foi uma parte minúscula da história, só para que o Ted pudesse ficar com a Robin. O episódio não mostra nada dele ficando triste com a morte dela. Não mostra funeral, seus últimos momentos juntos, a tristeza dos filhos. Só vemos um: “oh! Falando nisso, sua mãe ficou doente e morreu, vamos falar da Robin agora”. Além disso, até o momento mais antecipado da série, COMO ELE CONHECEU A MÃE é minúsculo! Deve ter no máximo uns 10 minutos!! Preferem ficar fazendo uns pulos loucos para o futuro!! AAAFFFFF!!

10. Em qualquer família normal no planeta Terra os filhos deveriam ter ficado putos! Como assim o pai senta eles durante horas (9 temporadas) para contar a história de como ele conheceu a mãe deles, e ele fala a maior parte do tempo sobre outra mulher? Isso seria péssimo! As pessoas tem direito a namorar e até casar, depois de ficarem viúvas, mas pelo amor de Deus! A mãe deles é insignificante na história de como eles se conheceram e seu relacionamento e eles ficam achando lindo ele sair perseguindo outra mulher que é amor da sua vida? Isso é simplesmente idiota. Seria outra coisa se ele conhecesse outra pessoa e tal. Mas do jeito que foi feito, parece que ele nunca ligou pra mãe e sempre quis ficar com a Robin, na verdade. Que filho quer ouvir isso?

11. E o mais elementar de tudo: como que seria a vida dos dois juntos?? Eles não tem nada a ver. Ela nunca quis viver nos subúrbios, ter uma casa grande, filhos e etc. E pelo que mostra no último capítulo, ela não está nem aí pra ter uma família, só quer viajar e melhorar sua carreira. Todas essas diferenças foi o que fez eles terminarem antes, e com certeza seria um grande problema na vida deles. Não faz nenhum sentido os dois juntos.


Os roteiristas conseguiram estragar tudo. Como que pode? 
Tinha um caminho tão mais simples, construído a tantas temporadas e que agradaria muito mais os fãs. Ainda estou achando que é brincadeira de 1º de Abril. Só pode.



POSTADO POR - Guilherme J Cabral

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

COMENTE


Topo